Paulo Humberto Gouvea

Diretor de Top Clients, TIM


Essa história começa no final da década de oitenta, quando Jorge Tena, da então Commodity, foi à ABINEE apresentando a Placa DDA, que possibilitou o lançamento de um serviço chamado Telecondomínio. Durante a década de 90, essa placa contribuiu muito para o país colocando aparelhos telefônicos em várias residências.

A Comm se inovou e, na privatização do sistema Telebrás, nós voltamos a ter contato. Desta vez, o Jorge aparecia com o lançamento de uma plataforma de contact center para gravação e discagem já atuando nesse novo segmento, que se tornou, na época, um dos maiores empregadores do mercado. Esse lançamento de serviços nos aproximou de novo para levar ao mercado soluções com melhor custo e benefício.

Atualmente, a Comm está nas nuvens. Ela levou, com o lançamento do Archpelago, todo o seu sistema para a nuvem e, mais uma vez, voltamos a trabalhar em parceria com a TIM com soluções Omnichannel, com atendimento pulverizado pelo país e com conectividade em SIP-Trunk, mudando toda a forma de comunicação, toda forma de prestar o serviço ao mercado.

É muito bom ver esse sucesso e a inovação que a Comm trouxe, essa transformação que a empresa teve ao longo do tempo para chegar onde está. Isso coincide muito com o DNA da TIM, de inovação, de poder levar ao mercado exatamente isso: uma solução que atenda às expectativas com a tecnologia de ponta e de um serviço na melhor relação custo e benefício para trazer eficiência ao mercado.

Conheça o Gravador de Voz e Tela da Comm

×